Para que consiga recuperar mais rapidamente e obter o melhor resultado estético da cirurgia plástica, além de realizar sessões de Fisioterapia Dermatofuncional, existem cuidados que deve ter no seu período pós-operatório.


A higiene da ferida cirúrgica:


Esteja com pontos, "adesivos" ou cola, deve sempre desinfetar a zona do "corte". A desinfeção da ferida cirúrgica vai evitar a entrada e proliferação de microrganismos patogénicos que podem infectar e comprometer a sua saúde e a estética da cicatriz. Sugiro que faça a desinfeção em casa 3 vezes por dia com iodopovidona (vulgo betadine ®).


A higiene da roupa compressiva:


A roupa compressiva vai estar praticamente 24 horas em contacto com a sua pele e sobre a ferida cirúrgica, por isso é bom que ela esteja higienizada e não contenha substâncias que possam irritar a sua pele. Veja como cuidar da sua roupa compressiva aqui.


A alimentação:


Deve evitar a ingestão de AÇÚCAR. A glicose em excesso no organismo irá impedir a correta cicatrização da ferida, devido ao processo de glicação;

Deve evitar a ingestão de SAL. Já é expectável que após o trauma cirúrgico se acumulem líquidos nos tecidos, gerando edema. Caso ingira sal em excesso neste período, o seu corpo irá reter ainda mais líquidos para reduzir a concentração de sal;

Deve evitar a ingestão de BEBIDAS ALCOÓLICAS. Lembre-se que imediatamente após a cirurgia iniciou a toma de antibióticos e que, tanto estes, como o álcool são metabolizados no fígado, aumentando o nível de toxicidade de ambos. Além disso, o dano oxidativo causado pelo álcool pode comprometer o processo de cicatrização;




Hábitos:


Deve evitar FUMAR. Na verdade, deveria parar de fumar pelo menos 1 mês antes da cirurgia.  A nicotina provoca a vasoconstrição ("contração dos vasos"), reduzindo o diâmetro dos vasos sanguíneos e consequentemente o aporte de oxigénio e de nutrientes essenciais ao processo de cicatrização da ferida.

Pacientes que fumam têm um risco de complicações pós-operatórias 2 a 3 vezes superior comparativamente a pacientes que não fumam. Este risco aumenta quando estamos a falar de cirurgias com um grande descolamento cutâneo, como é o caso da lipoaspiração, abdominoplastia ou o lifting facial.

A Canabis também tem um efeito vasoconstritor muito importante, pelo que o consumo de produtos canabióides deve ser evitado.

Deve manter uma boa HIGIENE DO SONO. Vários estudos indicam que a privação de sono atrasa o processo cicatricial das feridas.

Deve evitar estar em AMBIENTES QUENTES. Se o seu corpo estiver muito quente, os seus vasos sanguíneos vão dilatar e, consequentemente, o seu edema pode aumentar. Além disso, ao transpirar poderá humedecer a ferida cirúrgica.

Deve evitar fazer ESFORÇOS. Devem ser evitados movimentos que coloquem a ferida em tensão e "estiquem" a pele, mas também não nos podemos esquecer que por baixo da pele existem estruturas que também foram intervencionadas e que precisam do seu tempo para cicatrizar, pelo que devemos evitar que os músculos contraiam com muita força.

Deve evitar ficar IMÓVEL. É normal que, sobretudo na primeira semana de pós-operatório, sinta desconforto e dores, mas não deve estar sempre na mesma posição. Ao estar sempre na mesma posição pode aumentar o risco de trombose venosa. O movimento vai ativar a circulação sanguínea, ajudar na cicatrização dos tecidos, facilitar a drenagem do edema e reduzir os desconfortos.



Espero que estas dicas o/a ajudem a recuperar mais rapidamente! :)

Elisa Quintela
Fisioterapeuta Dermatofuncional Especialista em Pós-operatório de Cirurgia Plástica